Como Deixar Seu Quarto a Sua Cara?

Capa

Oi, gente! Tudo bem? 🙂 Bom, eu me mudei recentemente, então decorei um quarto inteirinho! Fiquei muuito feliz com o resultado final e queria compartilhar com vocês! Uma pessoa que vê meu quarto, praticamente já me conhece, haha! Aliás, como não entendo quase nada de decoração, ao invés de dar dicas de como deixar um quarto bem decorado, darei dicas de como deixar o quarto lindo e com a sua cara. Afinal, nosso quarto é nosso espaço, né? Baseei-me na harmonia visual, então mesmo não entendendo muito de decoração, ele ficou bem ajeitadinho. Darei ideias de como fazer uma mini reforma no quarto. Sendo assim, você não precisa de um quarto completamente novo para seguir as dicas que apresentarei, mas se quiser dar um update no seu porque o acha sem graça ou qualquer coisa do tipo, talvez eu possa te ajudar!

Pode parecer exagero falar, mas ter esse quarto me ajudou muito! Me ajudou porque, por ter gostado muito dele, não consigo ver nada fora do lugar que já arrumo. Como sou, naturalmente, MUUUUUITO desorganizada, isso foi uma mudança e tanto. Acabei levando, mesmo que um pouquinho, essa organização comigo para todo o lugar. Até na escola isso me ajudou! Inclusive, sempre tive muito problema para dormir, mas como meu quarto está tão calmo e “ambientalizado” pacificamente, ando dormindo como um anjo.
Como queria mostrar cada detalhe do quarto, em vez de fotos, fiz um vídeo bem rapidinho. Veja só:

E aí? Gostaram? Eu amei! A música que tocou foi Peach dos The Front Bottoms. Seguem as dicas:

Etsy

O Etsy (clique para ir ao site) é um site de compras bem legal. Ele sempre tem produtos exclusivos. É uma ótima ideia para ficar com um quarto bem criativo e quem tudo a ver com você. Comprei neles meu banner “Born to Die” e dois tecidos customizados, nas lojas thetulleundergorund e TotalPansyPrints, olha só:

Etsy 2Etsy 1 DSC_0159

Além disso, as vendedoras são tão fofas que me mandaram cartõezinhos de agradecimento e capricharam nas embalagens. Uma até me mandou uma pulseirinha de brinde (que infelizmente 😦 não está aqui para eu tirar foto)!

Cartinha 2 Cartinha 1

Expor apenas o que tem a ver contigo

Como queremos um quarto que nos define, coloque apenas à mostra objetos que tem a ver com você. Meu quarto antigo era um caos, com várias coisas de quando eu era pequena expostas. Se tem algum objeto no seu quarto que está lá por acomodação, é legal tirar e colocar algo que você realmente gosta. Vale a pena colocar umas pelúcias, livros, DVDs e CDs nas prateleiras. Assim, seu quarto passa a representar tudo o que você gosta. Nas fotos abaixo, você pode ver muitas das coisas que gosto, o que torna meu quarto bem pessoal:

A ver A ver 5 A ver 2 A ver 4 A ver 3 Livros

Fazer um mural de papel couché

Tive uma ideia que nunca tinha visto por aí antes, então fiquei meio incerta se daria certo, mas super funcionou! Como os posteres que encontrei eram muito grandes para meu quarto, resolvi imprimir meus próprios. A única diferença é que não era de bandas como os comuns, mas de inspirações, coisas que serão agradáveis ver no dia-a-dia. Você pode fazer de bandas, inspirações, ou até fotos! Fica bem legal. Imprimi em papel couché, que é o papel usado para posteres mesmo. Editei antes de imprimir, para ficar com uma resolução legal e apaguei partes desnecessárias. Fiz num tamanho bem pequeno para fazer colagem, mas também alguns um pouco maiores. Colei com dupla face. Tive a sorte de encontrar algumas imagens que têm o plano de fundo igualzinho ao meu papel de parede. Olha que legal que ficou:

Mural 5Mural 4Mural 3Mural 2Mural 1

Cobrir os fios

Eu sei que não dá para sumir de todos os fios, mas fica muito mais bonito com eles cobertos. Uma partezinha do fio a mostra tudo bem, mas faz uma diferença enorme quando ele está todo emaranhado e exposto. Olha só a diferença:

Fios

Não ter medo de decorar

Não tenha medo de encher o quarto de quadro, objetos de decoração e qualquer outra coisa que quiser. Fica meio sem graça e comum quando ele está completamente clean. A única preocupação que você deve ter é se está agradável para os olhos, ou seja, se as decorações que colocar casam entre si.

Decorar 3 Decorar 2 Decorar 1

Usar compartimentos criativos

Tem sempre aquelas coisas que a gente tem que guardar fora do armário, como bijus. Essa é uma boa oportunidade para arrumar/reciclar/pintar algumas caixas fofas e deixá-las a sua cara. Olha só essa caixa que coloquei, ela foi a embalagem de um presente que ganhei. Tem tudo a ver comigo:

Caixas

Essa outra aqui veio numa embalagem de absorvente hahaha, e eu uso para guardar coisas de unha:

Caixass

Ter plantinhas

Platinhas

Essa é uma ideia que encontrei no Tumblr. Ter plantinhas é muuito legal, porque você pode ter um pedacinho da natureza sempre com você. Quem foi que disse que não pode ter terra no quarto? Pode ter terra sim, e se reclamar vai ter duas. Cheguei a essa conclusão porque a gente é do planeta Terra, e se você parar pra pensar, a gente foi feito pra dormir sob a terra, né? Você pode dar nome para elas e conversar com elas (como diz o Tumblr). Além disso, existem tantas espécies, que você pode sim encontrar alguma que se parece com sua personalidade, de alguma forma.

Positivar o ambienteHarmonia 1  

Se o dreamcatcher é modinha, dessa modinha eu quero participar. Dizem que ele pega os pesadelos e os transforma em sonhos bons. Funciona se colocado na janela ou sob a cama. É um mais lindo que o outro.

Harmonia 3
Pedrinhas energizadas são muito amor <3. Dizem que depois de energizadas, ninguém além de você mesmo pode tocá-las. As formas mais simples de fazê-las conterem energia positiva é as colocando na chuva ou passando na fumaça de um incenso. 

Harmonia 2

Os incensos servem para purificar o ambiente. Tem de tudo quanto é cheiro, função, aparência etc. Porta incenso também é algo lindo para se decorar. Lembre-se de acendê-los com a janela aberta sempre.

Usar cores ou papéis de parede legais

Papel de parede

Achei meu papel de parede na internet. O quarto fica muito mais retrô com ele. Faz uma diferença gigaaante. Na verdade, acho que as paredes são os pontos mais chamativos de qualquer quarto. Existem também adesivos de parede que ficam maravilhosos em paredes lisas.
Fiquei em dúvida entre esse e muitos outros. Tem um de floresta lindo na casa dos meus bisavós. É uma pena eu não ter conseguido ir lá para tirar fotos, mas encontrei uns parecidos na Internet. Olha que ideias legais (as fotos a seguir não são minhas):

Not mine parede 1 Not mine parede 2 Not mine parede 3

Usar roupas de cama divertidas

Roupa de cama é uma opção linda e maravilhosa para deixar o quarto mais divertido. Como somos adolescentes, podemos usar roupas de cama cômicas e fica maravilhoso. Dá um toque lindo ao quarto. Comprei estas daqui na Zelo:

Cobertor 4Cobertor 3Cobertor 2 Cobertor 1

A cor dos móveis tem a ver com o clima do quarto

Vocês já ouviram falar em quarto frio/quarto quente? Então, é importante pensar qual a temperatura que você quer que seu quarto passe. Olha estes quartos aqui, que encontrei no Google:

Not mine

Viu a diferença entre um quarto frio e um quarto quente? Os móveis, ainda por cima, são um ponto que causa muita atenção. Então, móveis de madeira esquentam o quarto visualmente, e móveis clarinhos, com o meu, esfriam. Olha:

Móveis 1 Móveis 2

Tenha em mente qual clima você quer levar ao quarto, e o customize assim.

Chaveirão

Esse tópico é apenas uma dica. Se a intenção é deixar o quarto a sua cara, que tal arrumar um chaveiro que demonstre sua personalidade? Uma dica bem legal é que, para você conseguir achar suas chaves fácil, eles podem ser bem grandes e ter características de sua textura inconfundível. Exemplo:

Chaveiro 2

Esse aqui, ganhei de um amigo, e ele fica na minha chave de casa:

Chaveiro 1

Ter abajures feras

Abajur

Meu abajur é aquele de lava, que fica com as cores dançando. Existem muuuitos abajures criativos, e eles podem dar uma cara nova para o quarto. Uma loja que tem uns abajures maravilhosos é a Imaginarium, olha só esses que achei no site:

Not mine abajur

Escolher cores tema

Meu quarto, em essência, é branco e cinza. Mas na hora de decorar, fiquei em dúvida de que cor comprar cada coisa. Por isso, escolhi duas cores tema: rosa e laranja. É uma boa ideia! Mas não precisa se prender a essas cores! Pode ter outras cores no quarto – é quase impossível não ter.

Cores tema 1 Cores tema 3 Cores tem 2Obrigada por ler! Espero que tenham gostado.

Anúncios

Wishlist NYC – Comprei? Quais foram as minhas primeiras impressões?

Há um tempinho atrás, eu postei aqui no blog uma wishlist nova-iorquina, com coisa que eu queria muito comprar na viagem. Algumas das coisas eu já conhecia, outras não. Fico muito feliz em dizer que consegui comprar tudo, mas será que gostei de tudo? O post de hoje é sobre as primeiras impressões.

wishlist viagem

 

A primeira coisa que eu tinha falado sobre no post antigo, era a LENTE 50MM, então mantendo a ordem, vamos aos assuntos fotográficos primeiro.

IMG_1731

Comprei já apaixonada por essa lente. Ela é muito clara (por causa da abertura) e ótima pra fotografar os editoriais doidos que meu professor fica inventando. Foi $125 na BestBuy, o mesmo preço que eu pagaria na B&H. Espero que essa seja a primeira lente de muitas, heheh.

Migrando agora pro mundo das maquiagens: O que deu dessa PRO Palette 2?

IMG_1723

Comprei no escuro, porque não queria levar a NAKED e precisava de uma paleta pequena. Me impressionei. Ótima qualidade, sombras hiper mega pigmentadas e muuuuuuuuuuuito bonitas!! A minha embalagem está toda sujinha, então já deve dar pra imaginar que uso muito 🙂 Foi $42 na Ulta (o único lugar que eu vi vendendo LORAC) e vem com um mini primer.

Das maquiagens aos cabelos: O que falar da chapinha tão procurada?

IMG_1695

 

Como dá pra ver na imagem, a minha chapinha não é a mesma da wishlist. O motivo? Não achei de jeito nenhum. Nenhuma loja que eu entrasse tinha, nenhuma farmácia, nenhuma ricky’s da vida. Andando pelo outlet, uma moça me parou para falar da EVOLUTION e eu acabei sentando no mini camarim e experimentando minha belezura laranja. Várias cores e estampas, uma mais linda que a outra. O preço real era $160, porém ela me deu um descontinho e ainda enrolou todo o meu cabelo 🙂

Indo para acessórios: qual foi o final da saga “um óculos para Fernanda”?

IMG_1739

Aquele modelo da Ray-Ban eu não achei, só outros com preços absurdamente altos. Perambulando, já sem esperança, pelo outlet, achei esse modelo que além de ficar bem no meu rosto e na minha cabeça gigante, ainda era marrom (ainda é.. rsrsr #hojeeutôengradimais), o que combina muito com a cor do meu cabelo e não dá um contraste tão brusco, já que estou tão branca quanto uma folha de caderno. Foi $100 e pouquinho.

E por último, vou falar do que foi praticamente uma saga também: o tal perfume da nina.

IMG_1737

Antes de ir, procurei em 1001 lugares para já saber aonde compraria meu perfuminho. Tudo lindo, não é? Não. Não achava o perfume em nenhuma loja, nem as que vendiam NINA RICCI e já comecei a minha sessão “ótimo, nem queria comprar mais barato mesmo, vou gastar uma fortuna comprando no Brasil, quem precisa de dólar quando se tem real??”. Quase desistindo e estando alguns dias apenas longe do embarque, achei o bendito no free abençoado shop e comuniquei a família que a parada lá seria obrigatória! O perfume foi $57 e, pelo visto, é uma edição limitada, por isso foi tão difícil de encontrar.

Amei todos os itens e não tenho a reclamar de nadinha.

Espero vocês em um próximo NY Post!

eu assinatura

Carta ao Destino

tumblr_laq6weryvb1qat4y0o1_400_large

Querido destino,

Espero que seja gentil comigo. Não posso controlar pelo que me fará passar, mas darei o melhor de mim para superar qualquer coisa. Passamos por algumas épocas difíceis juntos, não passamos? Mas somos fortes. E nossa essência é brilhante. E felizmente, tirei o melhor proveito que pude do que você, destino, fez-me passar.
Sim, te odiei por muitas vezes porque achei que estivesse contra mim. Em cada vento que soprou contra mim. Em cada onda que se chocou contra mim. Em cada tropeço que fez-me cair.
Mas estou dando meu melhor, sabe? Para aceitar o que quer que ache que mereço viver. Para crescer. Para não desistir. Para tirar o melhor proveito da pior das situações.
Por favor, ajude-me. Deixe-me saber se estou fazendo algo de errado. Porque se estiver, tentarei muito, com todas as forças que tiver, parar. Por favor, eu lhe imploro: não me puna. Preciso de sua ajuda. E como disse, não o comando, mas pedir não ofende.
Com amor,
Eu solitária

PS: O texto ficou meio esquisito em Português porque fiz tradução direta.

Texto original: Dear Destiny, 

I hope you’ll be gentle to me. I cannot control what you will put me through, but I will try my best to overcome anything. We’ve been through some hard times together, haven’t we? But we are strong. And our essence is bright. And happily, I made the best out of what you, destiny, put me through. 

Yes, I’ve hated you many times because I thought you were against me. In every wind that came against me. In every wave that shocked me. In every slip that made me fall. 
But I am trying my best, you know? To accept whatever you think I deserve to live. To grow. Not to give up. To make the best out of the worst. 
Please, help me. Let me know if I am doing something wrong. Because if I am, I’ll try hard, with all the strenght I have, to stop. Please, I’m begging you: don’t punish me. Help me. I need your help. And as I said, I don’t command you, but asking does not offend. 
Love, 
Lonely Me

 

Destrua esse Diário e 1 Página de cada vez – Qual a diferença? Qual eu prefiro?

Esses dias descobri um livro novo que me apaixonei logo de cara. A capa me chamou atenção e eu fui dar uma olhadinha com a CERTEZA ABSOLUTA de que não ia comprar de jeito nenhum (tenho dois livros pra terminar e estou procrastinando terrivelmente). Só que na hora que abri e folheei as páginas me veio aquele “mas.. mas..” na cabeça e eu trouxe pra casa. Esse livro é o 1 Página de cada vez, do Adam J. Kurtz.

IMG_6413

A ideia é parecida com DESTRUA ESSE DIÁRIO, tanto que o autor diz que o livro é um diário diferente. Cada página tem uma “missão” diferente e tem algumas que nem missão tem, são apenas páginas em branco, esperando sua criatividade preencher aquele espaço.

IMG_6415-0

A ideia é, na verdade, fazer uma página por dia e é daí que vem o nome do livro. São 365 tarefas para 365 dias.
Já o Destrua esse diário tem mais a ver com destruição criativa (como o próprio nome diz, hehe).

IMG_6414

Eu acabei abandonando o meu por n motivos. O primeiro é que eu fiquei com uma dó de destruir um livro, o segundo é que tem umas tarefas beeeeem nojentinhas, que eu não ficaria meio “bléh” na hora de fazer. E essas tarefas também fizeram a Rabesh largar o livro dela de lado. De acordo com ela, sobe uma coceira só de tocar no livro de tão nojento que ele está. Poucas são as tarefas “simples”.

IMG_6416

Mesmo tendo comprado o 1 página só alguns dias atrás, eu já criei uma preferência por ele. Além de tudo o autor é um fofo! Algumas das páginas do livro sugerem que você a fotografe e compartilhe na internet com a hashtag #1pagina. E tudo o que você postar sobre
isso o Adam Kurtz curte.

IMG_6417


Estou muito animada pra fazer as próximas páginas. 🙂 Tem mais um livro da mesma autora do Destrua Esse Diário que se chama “Termine Esse Livro” que eu também quero muito fazer, mas agora não dá né?! Se eu comprar mais algum livro antes de terminar os que tenho que ler, eu nunca mais me permito comprar na vida, hahahahaha.

eu assinatura

#NYPost – City Pass, comprar online e etc..

HELLOOOOO! Mais um post de NY pra vocês e eu preciso chegar já me defendendo. O blog ficou MEGA desatualizado por conta do colégio. O nosso técnico (sim, a Rabesh e a Beatriz também cursam pub) está exigindo muito da gente ultimamente. É trabalho atrás de trabalho, uma hora a gente endoida (?). Além disso, entramos em semana de exatas e vamos combinar que até quem curte exatas e tem facilidade com números (eu) fica exausto durante essa longa jornada de 6 dias (porque até prova de sábado a gente tem :O). Junta isso com mais os trabalhos de rotina e tenta imaginar.. Complicado, hahaha.

Mas não é disso que eu tenho que falar hoje, então parou o blá blá blá e vamos ao que interessa.

CITY PASS – COMPENSA? COMO FAZ PRA COMPRAR? 

Alguns dias antes da viagem, começamos a procurar coisas que já pudêssemos resolver por aqui, como a entrada dos museus. Olhando pela internet, achei o City Pass.

IMG_1622

1) O que é?

Um voucher que garante entrada em 6 atrações turísticas por um preço bem bacana.

2) Que atrações?

3) Quanto custa? Onde posso comprar?

O passe pra adultos (maiores de 18 anos) custa $109 e o de jovens custa $82. O site para compras e mais informações é pt.citypass.com/new-york.

4) Vale a pena?

Vale! No site eles disponibilizam uma tabelinha com os preços dos ingressos avulsos para você somar e comparar o quanto você gastaria sem o passe.

paint

 

Agora é só fazer as contas e comparar 🙂

 

COMPRAS ONLINE – NÃO É MELHOR COMPRAR NA HORA? 

Com o CityPass já é obvio que comprar na hora não é a melhor das hipóteses, mas vou dar um outro exemplo e um outro motivo de adiantar as coisas por aqui antes de viajar de fato.

Cheguei no Madame Tussauds e me deparei com uma fila GIGANTE (bota GIGANTE nisso) e fiquei assustada achando que ia esperar tudo aquilo pra entrar. Fui perguntar para uma funcionária que fila era aquela e descobri que aquela fila servia para comprar os ingressos. A minha felicidade foi imensa ao descobrir que, por ter comprado online, a minha fila era outra e que ela tinha apenas duas pessoas na minha frente.

Então a minha dica é: se puderem, comprem os ingressos online. O CityPass também tem fila própria, o que evita a muvuca da galera despreparada que deixou pra comprar na hora.

Para compras os ingressos do museu de cera mais queridinho do mundo, é só entrar em: www.madametussauds.com/newyork

 

É isso por hoje, espero que tenha ajudado vocês de alguma forma 🙂 Daqui a pouco tem mais..

eu assinatura

Poliamor é o amor em sua forma mais livre ❥

poliamor-relaciones-poligamia

Poliamor é uma espécie de relação amorosa, em que os participantes são livres para se relacionar com quantos outros quiser. O termo “poliamor” difere-se da promiscuidade porque, em vez de os adeptos a esse estilo de vida procurarem obssessivamente por novos parceiros, eles apenas vivem normalmente com o fato de serem livres e ao mesmo tempo compromissados em mente. O termo difere-se de muitos outros termos não monogâmicos porque além de aceitar a afetividade a mais de uma pessoa, não trata-se apenas de casais se relacionando-se sexualmente com outras pessoas, mas também amando-as ou o que resolverem fazer. O poliamor é baseado na honestidade, estando todos os seus envolvidos cientes da liberdade de seus parceiros. É fato evidente, para os praticantes, que as pessoas tem sentimentos diversos pelas pessoas que rodeiam, o que não necessariamente afeta o que sentem pelas suas relações anteriores.

Poliamor está diretamente ligado a poligamia? Não necessariamente. A poligamia consite em um homem casado com duas mulheres, ou uma mulher casada com dois homens. Esse é o padrão imutável da poligamia. Pessoas adeptas ao poliamor então, podem sim ser poliogâmicos, mas não necessariamente. A poligamia também é ligada a religiosidade, por isso é legalizada no Islam e proibida no Brasil. Isso torna mais difícil a ligação entre poliamor e poligamia.

As críticas a respeito do poliamor são tanto as tradicionais – religião, ofensa à composição tradicional da família etc – quanto às “exclusivas” ao poliamor:
“Mas e o ciúmes?”
“Isso aí é um monte de gente controladora se aproveitando da insegurança dos outros!”
“Quanta sem-vergonhisse.”

Será mesmo? A respeito das classificadas críticas tradicionais, não argumentarei contra porque estamos carecas de saber que a composição da família tradicional e a religião podem ser questionadas e em muitos casos invalidadas, como no caso da homossexualidade. Porém, será mesmo que o poliamor é baseado na manipulação dos envolvidos? Nunca temos como saber disso, então não devemos julgar. Cada um sabe do seu caso de poliamor. Não cabe a nós opinarmos com menos conhecimento a respeito da história deles. No entanto, acho perfeitamente possível a pureza permanecer em casos de relacionamento como esse. Veja só, ele preza a liberdade, o acordo, a honestidade, transparência. Se todos os envolvidos estão confortáveis com isso, então por quê não? Além disso, não deixo de pensar que esse estilo de vida é ótimo porque ele absorve todas as partes boas de se relacionar. A liberdade de se sentir atraído por outro sem se culpar, mas também o amor carinho de um namoro. Há casais que conseguem manter um relacionamento assim, e há casais que não. Isso é muito natural. É claro que, como esse assunto só está tomando lugar na mídia agora, ainda há de ter muita polêmica negativa em cima disso.

“Mas e o ciúmes”? Há casos de praticantes que expõe que sentem ciúmes sim, mas mesmo assim vêem mais vantagem em seguir o poliamor. Cabe a cada casal decidir qual o melhor estilo de vida. Além disso, há meios de driblar o cíumes em casos como estes, por exemplo:
“Os ciúmes fazem parte de uma ideia romantizada de amor. Mas podem também fazer parte de nós e das pessoas que amamos. É possível amar sem ciúme. Mas para isso é necessário perceber qual é a sua causa.
A origem dos ciúmes varia de pessoa para pessoa, e em cada relação. Não há receitas mágicas.
Mas a experiência diz-nos que:
– Permitir que mais pessoas nos amem reforça a nossa auto-estima.
– Uma relação pode ser uma escolha diária, consciente e informada. Não o único recurso. Se as pessoas que amamos tiverem a liberdade de amar outras, ganha-se a autoconfiança e a segurança de saber que continuarão a estar connosco porque nos amam, e não porque nada mais lhes resta. Por outro lado, se um dia nos deixarem, será simplesmente porque já não nos amam, e não porque tiveram de optar.
– Uma parte substancial do medo da perda é efetivamente o medo do desconhecido. Se as pessoas que amamos não esconderem que amam outras, sabemos que não estamos a ser enganados.
– Se as pessoas que amamos estiverem em estado de enamoramento por outras e partilharem connosco a alegria desse estado, sentimo-nos especiais. Podemos ser únicos sem sermos os únicos.
É possível amar mais do que uma pessoa ao mesmo tempo. Muitas relações começam sem que as anteriores acabem. E nessa fase de transição, não se amam duas pessoas ao mesmo tempo? Porquê escolher? Se as pessoas envolvidas se amam, qual é a razão objetiva para terminar uma relação?”.
– poliamor.pt

Além dos muitos casos de relacionamentos que fogem do convencional por conta da liberdade maior, há um que recebe atenção pessoal. É o caso do programa de tv “4 esposas, um marido”, do Discovery Home & Health. É a história fascinante Kody, um homem que tem três esposas, três filhos e uma namorada, com quem pretende se casar também. A família mantêm-se forte, apesar dos julgamentos, incertezas e desafios econômicos.

O poliamor tem até um documentário exclusivo só para ele, lotado de casos e depoimentos fascinantes! É o “Poliamor” (Brasil, 2010), de José Agripino:

Fontes: poliamor.pt
www.significados.com.br
www.religiaodedeus.net
youtube.com/zeagripino
catracalivre.com.br
discoverybrasil.uol.com.br

rabesh assinatura

5 dicas de comida em NY

20140802-131418-47658048.jpg

TO DE VOLTA, BRASIL!!
A viagem foi demais, rendeu muuuuitas fotos legais e uma experiência maravilhosa. Agora é voltar a rotina de escola, posts..
Hoje eu vim dar dicas de 5 lugares pra comer. A maioria fica perto do meu hotel, mas quem sabe você não acaba se hospedando lá perto ou passando por lá algum dia da sua visita a Big Apple.

TOASTIES

toasties

Se você estiver procurando um lugar pra tomar o típico café da manhã americano, é lá mesmo que você deve ir. Além disso tem várias opções de sanduíches e servem almoço também. (Estava tomando café e vi umas pizzas gigantes saindo do forno esperando o horário da nossa segunda refeição)
Com $10 você toma seu café completo, com bacon, ovos, batata, torradas e bebida.
Endereço: 48th St entre a Madison avenue e a 5th avenue.

COSÍ

cosí

Sanduíches são o forte desse lugar. Você pode montar o seu ou ir pelo cardápio. O meu preferido é o Cosí Club Squagel, tem ovo, bacon, cheddar e tomate. O pão você escolhe.
O lugar também serve salada de frutas ou a fruta unitária como opção de café da manhã.
Também com $10 você paga toda a sua refeição e lá também tem almoço. Eles tem um forno para pão MARAVILHOSO e durante o nosso café eles preparam alguns, só que eles só serão servidos no almoço 😦
Endereço: 45th St entre a Madison avenue e a Park avenue.

PLANET HOLLYWOOD

ph

O lugar pra você comer hambúrguer ou carne. Acho que eu não preciso falar muita coisa, o lugar é todo decorado com músicas pop como fundo e garçons bem animados. A média do preço dos pratos lá é $25 e se você não for de comer MUITO, dá pra dividir o prato com alguém.
Endereço: 45th St com a Times Square.

VIA BRASIL

via br

Se bater aquela saudade da nossa comidinha (ou da nossa língua), é só correr pra lá. Os garçons falam português e lá tem feijão!!!! Ai como eu senti saudade do nosso feijão!
A média dos pratos lá também é $25.
Endereço: 46th St entre a 5th avenue e a 6th avenue.

BARRAQUINHAS

ny11

 

(foto Eternos Prazeres)

Sim, uma das minhas dicas são as famosas barraquinhas. Lógico que nem todas são boas, então procure pelas que tem mais opções de pratos. Em um dos dias dividi com a minha mãe um potão de frango “à milanesa” e batata frita + uma coca de 600ml e gastamos apenas 10 doletas. Não ficamos com fome a tarde toda.
Endereço: essas barraquinhas são iguais aos starbucks e as duane reades, tem em todo lugar.

Se quiserem mais opções de restaurantes, só pedir nos comentários. Estou bem animada para fazer os posts de NY ❤️

eu assinatura